Parte 1 - História

Todo as informações contidas nesta página foram extraídas do livro Fundação Universidade Federal do Rio Grande: 35 Anos a Serviço da Comunidade, organizado por Francisco das Neves Alves. A parte de Ciências da Saúde (Medicina e Enfermagem) foi elaborada pela Profª. Drª. Aída Luz Bortheiry Meirelles, professora de Medicina Interna do Curso de Medicina da FURG e endocrinologista do HU-FURG.


1966
O Hospital de Ensino (HE) iniciou as atividades, usando algumas instalações físicas da Santa Casa. Os primeiros coordenadores do HE foram os médicos Prof. Miguel Riet Corrêa Júnior, Prof. Luiz Gonzaga Cardoso Dora, Prof. Moacir Assein Arús e Prof. Lavieira Bessouat Laurino. Durante a década de 1970, existiam na ACSCRG os setores de Cardiologia, Hemodiálise, Laparoscopia e Retossigmoidoscopia.

 

1976
Em 29 de março, a portaria 233 denominou o HE de Hospital de Ensino Prof. Miguel Riet Corrêa Júnior, homenageando o primeiro diretor do curso da Faculdade de Medicina de Rio Grande. Em dezembro, foi fundado o Laboratório de Análises Clínicas e Patológicas da FURG, após um diversos estudos realizados por uma Comissão formada pelos professores médicos Manoel A. May Pereira, Israel Korc, Luiz Gonzaga Cardoso Dora e a professora bioquímica Maria N. G. de Koch. O laboratório atuava nas seguintes áreas: Bioquímica Clínica, Hematologia, Imunologia, Parasitologia, Microbiologia e Anatomia Patológica. Cada área era responsável por conduzir exames necessários para o atendimento dos pacientes ambulatoriais e internados, além de produzir materiais didáticos.

 

1985
A portaria 477 regulamentou a criação de uma Comissão Especial de Reestruturação do HE, elaborando um estudo final denominado "Projeto Abacaxi", o qual apontava qual era a situação no momento e as decisões que precisavam ser tomadas. Em 1o de julho, foi assinado um Protocolo de Intenções e um Contrato de Locação de Área Física (projeto de 104 leitos).

 

1986
Nomeou-se a primeira diretoria em 15 de janeiro:

  • Diretor-Geral: Prof. Med. Lavieira Bessouat Laurino.
  • Administradora: Prof. Enfª Hedi Crecencia Heckler de Siqueira.
  • Diretor Médico: Prof. Med. Antônio Samir Bertacco.
  • Diretor de Enfermagem: Prof. Enfª Zulma Guimarães Netto.
  • Diretor de Apoio: Prof. Enf. José Vanderlei Borba.

Em 2 de outubro, foi agendada uma visita da Coordenadoria da Assessoria Especial de Ciências da Saúde e da Coordenadoria do DG/INAMPS Região Sul para conhecer as dificuldades e o local do futuro HE. Em 21 de novembro, o HE passou a funcionar nas inacabadas instalações do então prédio do Hospital Materno-Infantil "Riego Sparvoli", através de um contrato de aluguel referendado pelo Conselho Universitário da FURG. Em 27 de novembro, criou-se a Fundação de Apoio ao Hospital de Ensino de Rio Grande (FAHERG), responsável pelo gerenciamento de recursos e contratação de pessoal.

 

1987
Em 23 de dezembro, assinou-se o convênio MEC/MPAS para Hospitais Universitários, os quais foram integrados ao extinto INAMPS e passaram a receber recursos conforme os serviços prestados à comunidade. Neste mesmo ano, implantou-se o serviço de Endoscopia Digestiva.

 

1988
O CONSUN aprovou o Regimento do HE, o qual passou a ser um órgão suplementar da FURG, cuja filosofia é integrar ensino, pesquisa e assistência. Também se criou o Conselho Superior do Hospital de Ensino (CONSUP), cuja atribuições são promover a administração (através de deliberações e normas) do HE.

 

1990
Implantou-se o Serviço de AIDS e a UTI Neonatal.

 

1991
Uma portaria do MEC nomeou oficialmente o HE como Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Júnior. Também se instalou o setor de Planjamento Familiar e a Endoscopia Respiratória.

 

1993
A FURG adquiriu a Instalou-se o Centro Obstétrico. Durante 1993 e 1995, a prioridade foi terminar a parte física do HU-FURG, inaugurando-se as instalações do Laboratório de Análises Clínicas, do Centro Cirúrgico, do Centro de Esterilização e UTI Geral, além da colocação de telhados e a conclusão da fachada externa.

 

1994
Inaugurou-se o Hospital Dia para Pacientes com AIDS, além da aquisição de equipamentos para Cirurgia Videolaparoscópica.

 

1995
Com a inauguração da Área Acadêmica Prof. Newton Azevedo, foi oficialmente constituído o Campus da Saúde da FURG, ocupando uma área total construída de 19200m2.

 

1996
O novo e definitivo Regimento do HU-FURG foi aprovado, o qual estabeleceu os princípios de atuação do HU.

 

1997
Assinou-se convênio com o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC) para que se desenvolvesse atividades de Saúde Coletiva no CAIC (Campus Carreiros). Houve também a aquisição de novos equipamentos através do Programa para Modernização e Consolidação da Infra-Estrutura Acadêmica de Instituições Federais de Ensino Superior e dos Hospitais Universitários, instituído pelo MEC.

 

1998
Em janeiro, houve a aprovação das atuais metas a serem alcançadas pelo HU-FURG, decididas em reunião do CONSUP, as quais são:

  • Reorientar a internação hospitalar para curta permanência, em doenças crônicas; estimular as modalidades "hospital dia" e "internação domicilar";
  • Institucionalizar programas de "hospital dia" (AIDS, doenças crônicas, idoso) e de internação domicilar;
  • Estimular a atenção cirúrgica ambulatorial;
  • Estimular a cirurgia minimamente invasiva - laparoscópica e endoscópica;
  • Estimular a cirurgia especializada, particularmente ortopédica, vascular e urológica;
  • Consolidar programas de atenção à gestante de alto risco, prevenção do câncer do colo de útero e mama;
  • Consolidar e criar novos centros de referência regional.

Em 3 de setembro, inaugurou-se o Hospital-Dia Adulto, destinado para um amplo atendimento dos pacientes HIV/AIDS; o Hospital-Dia Pediátrico para Pacientes HIV positivas e o Serviço de Farmácia. Ainda no mesmo ano, o Laboratório de Apoio a AIDS foi credenciado pela Coordenadoria Nacional de DST/AIDS do Ministério da Saúde. Possibilitou-se a realização dos seguintes exames:

  • Carga viral plasmática;
  • Contagem de células CD4+;
  • Diagnóstico confirmatório de infecção por HIV através de Imunofluorescência Indireta (pós rastramento via ELISA).

1999
Inaugurou-se a Ala Azul do HU-FURG, a qual sedia os seguintes serviços:

  • Centro Regional de Estudos, Prevenção e Recuperação de Dependentes Químicos (CENPRE);
  • Centro Integrado de Diabete (CID): é uma extensão do Programa Assistência Integral de Diabéticos (PAID, inaugurado em 1979) e conta com nove salas para atendimento em Endocrinologia;
  • Hospital-Dia para Pacientes Crônicos: para atender pacientes acometidos de doenças crônicas e que precisam de internação tão-somente para tomar a medicação.

Outro setor instalado foi a UTI Neonatal Intermediária, para atender as crianças que nasceram com baixo peso, mas não precisam de cuidados tão intensivos quanto os da UTI Neonatal.

 

2000
Pôs-se em operação a UTI Geral e o Serviço de Imagenologia do HU-FURG.

 

2001
Abriu-se o Centro de Oftalmologia do CID, o qual atende não somente os pacientes diabéticos para avaliação de retinopatia diabética, mas também os encaminhados para avaliação de catarata e pacientes oriundos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), internos do HU e do Serviço de Infectologia (pacientes HIV positivos).

 

2002
Iniciou-se os serviços da Ala Verde do HU-FURG, a qual contém os seguintes serviços:

  • Centro Regional de Pneumologia (CIRP);
  • Centro Regional de Gastroenterologia (CIRG);
  • Ambulatório de Cirurgia Geral e Especializada (Urologia, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Torácica e Cirurgia Vascular).

Neste mesmo ano, o HU recebe o título de "Hospital Amigo da Criança", outorgado pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) às instituições que cumprem os dez passos para o sucesso do aleitamento materno. Também se criou a Unidade dos Programas de Enfermagem, o qual centraliza a administração dos serviços de enfermagem e os programas de desenvolvimento de pessoal do Departamento de Enfermagem da FURG.

 

2003
A FAHERG lançou o contrato para abertura do Serviço de Nefrologia, destinado à realização de diálise (atendendo os pacientes de diversas enfermarias e ambulatórios que necessitem desse serviço) e triagem de futuros candidatos para transplante renal. O HU também recebeu o título de unidade de referência para atendimento de gestantes de alto risco.